Ela e Deus: Carne ou Espírito?

duvida

duvida

Graça e paz Meninas!

Desde já grata a Deus pelos acessos no nosso E.B, nos textos do Ela e Deus, e pelas orações de vocês.

No texto de hoje falaremos sobre um tema que chama nossa total atenção: Nós! Isso mesmo, nós. Sabemos que na vida cristão os obstáculos que surgem no caminho tem o propósito de nos derrubar, e dessa forma devemos estar fortes e preparados para vencer estes desafios que nos foi proposto (1° João 2.14).

 

Separados!

separado

Nos dias atuais as críticas em relação ao cristianismo, mais necessariamente a classe evangélica, são diversas, sabendo disso nosso escape é conhecer e viver as escrituras o máximo que pudermos.

Nós estamos em Cristo (Romanos 8.1), assim sendo, fora da carne, fora do pecado, longe de concupiscências, de mentira e engano.

A bíblia nos fala abertamente sobre os frutos do espírito e as obras da carne, logo vemos expostas aí as naturezas que disputam espaço dentro de nós. (Confira Romanos 7.14.17). Agora vamos analisar o crescer dessas naturezas, tendo como luz a Palavra de Deus.

Ta gostando do Post? Cadastre-se e receba outros:

[mc4wp_form]

Natureza Carnal (Efésios 2.3)

 inimizade

Somos humanos criados á imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1.27), imagem que é retratada como física, aparente, sabendo que somos humanos e sujeitos ao pecado, sendo nós gerados assim, e assim também purificados (Romanos 3.23-24).

Nossa carne está sujeita ao pecado (Romanos 7.4-5), podemos fazer menção de atitudes que nos levam a alimentar a nossa carne, os exemplos seguintes nos mostrarão isso com clareza.

 

  • Coisas passageiras: Nada que dure eternamente alimenta nossa carne, uma vez que esta esteja sujeita a morte (Romanos 6.23). Prazeres e paixões descontrolados, escândalos, más amizades, exageros e vícios, são temporários e contaminadores.
  • Escravizados pelo pecado: Nossas atitudes carnais nos levam a pecar mesmo que essa não seja nossa intenção de imediato (Romanos 7.15). Estamos numa guerra constante que não cessa (Gálatas 5.17), só pode ser vencida sendo alimentada a natureza contrária, no caso, a Espiritual.
  • Frutos do pecado: Só não serão vistos se de fato matarmos essa natureza, mesmo que aos poucos, diariamente andando com Deus (Gálatas 5.16). São os mesmos refletores da obra da carne. (Veja Detalhes)

 

Vamos agora a um ponto mais detalhado das obras da carne: (Gálatas 5.16-26)

 

Prostituição: Ato de prostituir-se, Vida desregrada, uso degradante que se faz de uma coisa. Devassidão, Exposição do que deve ser recatado, Desonra.

Nessa definição encontramos claramente prazeres expostos pelo mundo, os quais são ‘normalizados’ entre eles, ao ponto de ser praticado por muitos.

Idolatria: Adoração a ídolos, paixão exagerada, pecado do que idolatra. Definição clara veja Mateus 4.10.

Inimizades: Aversão falta de amizade. Qualquer tipo de discórdia leva a inimizade, tornando-se uma intriga, uma divergência incontrolável, gerando o pecado.

Heresias: Doutrina contrária aos dogmas da igreja (Gr. Ou sistema Ortodoxo), Disparate. São provocadas por pessoas que interpretam a palavra á Seu Modo.

Em todas as definições supracitadas foi feito uso do Dicionário Brasileiro Globo*.

Não é anormal que concordemos com essas práticas, uma vez que estas nos afastam da glória de Deus (Gálatas 5.21b), são atitudes de quem alimenta a sua natureza carnal e perdem o desejo de relacionarem-se com Deus, de forma brusca essas atitudes tomarão espaço naquele que desviar-se da vontade de Deus, permitindo assim o domínio da carne.

 

“Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus.”

(Romanos 8.8)

Não tenha medo vença a carne.

 

Natureza Espiritual (Gálatas 5.25)

 natureza-nas-mãos

“Se andarmos em Espírito, viveremos em Espírito.”

 

Andar com Deus implica responsabilidades e liberdade, liberdade que nos deixa livres do pecado (Romanos 7.6), somos novas criaturas (2° Coríntios 5.17), transformadas pelo Espírito de Deus, regenerados (Romanos 8.1).

Nossa vida em Deus é uma separação do mundo, vivendo pra Deus (Romanos 8.13), o alimento do Espírito provém de Deus, é Deus, é vida.

Tenha atitude de Cristão.

 

  • Carne Mortificada: Desejos carnais não nos encherão os olhos enquanto alimentarmos essa natureza, mortificando assim a carne no espírito (Gálatas 5.24). A destruição gradativa da carne acorre quando nosso foco não está no que é passageiro e sim no que perdura até a eternidade.

 

  • Mudança de Vida: Guiados pelo Espírito da verdade, uma vez libertos pela palavra (João 8.32/ Romanos 8.16). Esse renascimento implica em mudanças gradativas, reais, que vem de dentro pra fora, como a analogia da árvore de bons frutos (Mateus 7.17-20), essa mudança é de corpo, alma, e espírito (1° Tessalonicenses 5.23).

 

  • Recompensas: Filhos de Deus, Herdeiros de Deus e coerdeiros de Cristo (Romanos 8.17). Recompensas eternas, constituídas por Deus apara não vivermos no pecado, essa é a condição. Perto de Deus, longe do pecado.

 

Alguns frutos do Espírito que nos aproximam de Deus:

 

  • Amor: Virtude de amar, sentimento de cuidado por alguém, intensa afeição. Sentimento que mostra a intensidade do cuidado de alguém por alguém, maior característica de quem tem vida consagrada.
  • Fé: Convicção, crença em algo, força pra mover uma certeza. Sem ela não agradaremos a Deus (Hebreus 11.6ª), ela nos dá impulso pra seguirmos na caminhada, na certeza de ver Jesus (Hebreus 11.1).
  • Mansidão: Qualidade de quem é manso, índole pacífica, serenidade. Essa característica nos mostra o caráter de Cristo mais expressivo, amorosos, paciente, pacificador, Príncipe da paz! Devemos aderir esta postura pelo fato de sermos cópias de Cristo.

 

Conclusão

Não somos prisioneiros do Pecado! Fomos restaurados por Deus em Cristo para vivermos uma nova vida de purificação contra a carne, de novidade de vida! (Romanos 6.4).

Deixemos que nossa natureza espiritual sobreponha-se a carnal, pra vencermos o maligno, e alcançar assim, nossa morada nos Céus (Hebreus 12.14).

“ Porque o que semeia na carne, na carne ceifará, e o que semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida Eterna!”

(Gálatas 6.8)

Veja outras postagens da serie Ela e Deus.

Gostou da Postagem? Cadastre-se e receba outras:

[mc4wp_form]

 

 

Ana Carolina
Do estado de Pernambuco, cursando pedagogia, estudante de Teologia, coordenadora de EBD. Administra o projeto Adora Jovem e é autora no Evangélico Blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *